Voltei.

O grande problema das pessoas que nasceram sob o signo de Libra é a indecisão. Temos muita dificuldade em escolher e na maioria daz vezes queremos abraçar tudo: o céu e o mar ao mesmo tempo. Pode?

Não.

Péssima essa desculpa né? Tentando justificar o injustificável…

Mas enfim, apesar de o #maratonistadesaia ter sido um projeto LINDO, PERFEITO no qual eu não mudaria nada, e que saiu exatamente como imaginei, ele foi “apenas” um projeto e a entrega foi feita.

No entanto nessa viagem acabei gerando mais conteúdo do que planejava, hoje sinto vontade de contar outras histórias de outras maratonistas, e além do mais em todos esses meses não me senti confortável em ter abandonado o correpaula.com que foi onde tudo nasceu, portanto vou voltar com o blog e deixar o maratonistadesaia.com para projetos especiais.

Ele hibernar feito um ursinho, e quando achar conveniente ele volta.

Não consigo ficar calada ou guardar as coisas pra mim, acredito que o que ajuda o próximo tem sim que ser disseminado, e é por isso que continuarei escrevendo pelas mulheres e para as mulheres sobre corrida, amor, família, saúde, moda e tudo mais que possa nos interessar.

Tirando minhas amigas de outros blogs, de quem quero estar cada vez mais próxima pois acredito que seremos nós a mudar o cenário do país, acredito que infelizmente no Brasil é carente de conteúdo para mulheres corredoras que realmente amam o esporte e dão o melhor de si por ele.

E mais carentes ainda em conteúdo VERDADEIRO e não jabazeiro (aka receber um produtinho pelo correio e falar pras pessoas que ele é MARAVILHOSO), portanto continuo escrevendo para contribuir com nosso universo de corredoras, e sigo acreditando que um dia as pessoas saberão identificar o que é de verdade e o que é de mentira na internet

Muitos beijos e bem vindas de volta!

StayTrue-Series-PART1-3

 

 

 

Pudim de morango e chia

Sobremesa (ou lanchinho, pq não?) bem prático de morango, mas que pode ser feita com outras frutas vermelhas também.

Você vai precisar de:

– 3/4 xícara de morangos picados (preferência orgânicos)

– 2 colheres de sopa de cream cheese light

– 1 colher de sopa de semente de chia hidratada por 5-10 minutos em 2 colheres de sopa de água

– 1 colher de chá de agave ou mel (pode adicionar mais à gosto)

– coco ralado sem açúcar para decorar

Bata no processador os morangos com o cream cheese light, adicione a chia e, por último, o mel/agave. Prove e veja se deseja adoçar mais um pouquinho. Leve à geladeira por, pelo menos, 2 horas. Antes de servir, salpique o coco ralado.

Rende 1 porção.

 

pudim morango03

;)

Lábios de inverno

lips

Lip Balm no inverno é tão indispensável quanto FPS no verão. Claro que o ideal é usar tanto um quanto o outro regularmente em ambas as estações, mas é bem difícil manter a rotina de protetor solar nos dias frios.

E agora, diferente do calor, o bicho pega mesmo na secura da pele e dos lábios.

Eu particularmente não uso batom, no máximo o baby lips da Maybelline que a parça me deu e tem uma corzinha, mas batom com aquela base normal não uso muito e procuro ter sempre por perto um lip balm, até mesmo nos treinos e provas mais longas carrego um comigo.

O ideal é que contenha Vitamina E, ceramidas, omegas 3 e 6 e claro, filtro solar na fórmula. Existem várias opções, e separei aqui as minhas preferidas.

lipbalms

1- O Pearl & Shine da Nivea tem Vitamina E e Óleo de Amêndoas e FPS 10 – R$13,00

2- O Supernourishing da Sephora tem manteiga de karité, cera de abelha, óleo de semente de uva e vitamina E – R$24,00

3- o Lip Conditioner da M.A.C Extrato de Abacate, Extrato de Gérmen de Trigo e Vitaminas A e – R$66,00

4- O Quem Disse Berenice tem proteção contra os raios UVA++e UVB (FPS 15) e gostinho de frutas – R$18,00

5- Natura UNA tb oferece proteção fator 15 – R$36,00

6- O Burt´s Bees é feito com cera de abelha e contém óleo de coco e de girassol (amo) – R$16,00

7- O do Boticário é anti-idade e rico em Ômega 3 e 6 – R$34,00

Pra quem gosta de batom normal e quer hidratar os lábios mesmo assim, pode usar o balm por baixo e sem feliz sem medo. O bom desses produtos é que com poucas aplicações já é possível sentir  uma enorme diferença e eles não custam caro.

Outra coisa que não é novidade mas não custa lembrar é que passar a pomada Bepantol Derma nos lábios antes de dormir evita boa parte desses problemas de ressecamento e  poder ser usada tb nas cutículas que são outra parte que sofre pencas nessa época.

Debs. Deborah. Aquina. Migu

Diziam que a gente se odiava, diziam que eu falava mal dela, diziam que ela falava mal de mim, diziam que ela corria mais que eu, diziam que eu corria mais que ela, diziam a gente disputava…

Não tenho idéia de quanto tempo perdemos prestando atenção nisso tudo. Mas me lembro perfeitamente que ninguém – exceto a parça – sugeriu que a gente levantasse a bunda da cadeira e fossêmos fazer um treino juntas.

As pessoas gostam de ver um circo pegando fogo e eu como nunca fiz questão de ser política e fazer lobby, diversas vezes levei fama de metida, louca e marrenta por não ser migu de todo mundo.

CAGUEI.

Caguei mesmo.

Acho que ser verdadeiro é muito mais poderoso do que ser lobeiro, muito mais nobre do que lamber as pessoas por interesse e para benefício próprio.

Não é disso que quero falar.

Quero falar da DeboraH.

Quero primeiro pedir pra que ninguém fale pra ela que PASSOU RÁPIDO e que cabelo cresce. Não passou rápido e cabelo demora pra crescer!

Não tenho a menor idéia de como era a DeboraH com cabelo (de rica, enrolado nas pontas), nosso momento aconteceu com ela já carequinha, e foi por essa versão que me apaixonei. Foi essa versão que tive vontade de dar abraço de urso desde o primeiro dia (aquele treino secreto na USP) e é essa versão que ganha meu bom dia quase todo dia antes de todo mundo (hoje nosso chat começou às 4:30am).

E foi caindo sobrancelha, cílio, ela dizia que estava igual a uma lagartixa…rindo, morrendo de rir. Sambando na cara de quem acorda achando que o maior problema da vida é a barriga estar um pouquinho mole.

Em alguns momentos ela chorou. Mandava msg dizendo apenas “CANSEI”.

Mas foram raras e bem no final, o que oficializou que ela é uma pessoa do Endurance pois precisou cair todos os pelos do corpo pra ela cansar.

Eu nem ia mais tocar nesse assunto, mas ela deixou um comentário no post de ontem que me fez sentir vontade de escrever. Não vem ao caso toda a história, mas a gente começou a se falar por causa de um post que a parça fez pra mim no dia em que me avô morreu.

Como não pude me despedir dele, acredito que esse foi o último (e maior) presente que o Chucho me deu.

Aquina, só queria que vc soubesse que terei um enorme prazer em conhecer a versão cabelão, mas que jamais me esquecerei da versão 2014 por quem me encantei e com quem aprendi tantas coisas sobre ser mãe e sobre ser forte.

Seu cabelo não vai crescer tão rápido como cresceu o carinho de nós 3, mas espero estar por perto a cada centímetro dessa nova jornada e prometo te dar um pote de Kerastase qdo ele chegar no ombro.

Luv u.

(voz de neném) (não me taggeia)

10368439_10203879621298862_8832321214191842995_n (1)

 

 

Half Marathon Mizuno Etapa SP

Não tenho a menor dúvida que quando a gente faz a nossa parte no mundo, o mundo faz a dele na nossa vida.

Demorei um tempo para enxergar na vida offline essa missão que tenho de incentivar o esporte na vida das mulheres e de provar por A + B que nossos limites quem impõe somos nós mesmas. Aqui nesse blog sou exatamente o que sou em todos os outros lugares, e como a gente sabe que manter a transparência é um exercício diário, acho que esses anos de blogueira estão me ensinando muitas coisas sobre enxergar, aceitar e ajustar minhas fraquezas.

É impossível manter uma farsa para sempre, assim como é impossível sorrir e ser linda todos os dias. Me sinto privilegiada por diariamente escutar e ser escutada por tantas meninas, que assim como eu so querem seguir a vida felizes e  se sentindo úteis para o mundo e que óbvio, num dia tão bem e no outro estão mais ou menos.

Me sinto privilegiada tb por ter tanta gente abençoada por perto, principalmente a parça e a Debs que diariamente me ensinam muito sobre força e respeito.

Felicidade também contempla o modo como a gente “se trata”. Hoje aprendi a me respeitar, me valorizar e a honrar minhas escolhas muito mais do que antes cuja minha maior preocupação talvez fosse provar pras pessoas que eu não era uma loser.

Sei lá, às vezes tb  estamos em ambientes errados, em situações e ciclos errados ou até mesmo com pessoas erradas e é inevitável que isso não interfira na maneira como a gente “se trata”, como a gente se vê e como a gente se posiciona com o mundo.

E no fundo acho que tudo é decisão nossa, por isso acho que sempre vale à pena a gente pensar sobre os ciclos que queremos quebrar, aprendi isso com a parça e sua missão no mundo que é ajudar a quebrar os ciclos da violência contra a mulher.

Tudo na vida são ciclos e só depende da gente quebrá-los caso não estejamos mais felizes.

Eu quebrei alguns e a vida tem sido “daora” comigo. Depois conto a outro notícia boa pois hoje falarei sobre a meia da Mizuno que participei ontem e foi uma das melhores provas que corri nos últimos tempos.

mizunohalf

Nunca coloco número de peito pra correr leve, exatamente por isso que não participo de provas todo final de semana e não tenho nenhum problema em desistir na véspera caso não esteja me sentindo bem.

Como decidi que não faço mais prova na TPM pq sofro muito,  só correria se ficasse menstruada.

Por outro lado, minha vontade de participar era grande!

Sei que a Mizuno nunca faz nada meia boca e além de ser uma prova nova no caléndário, tinha certeza que seria uma paquitagem das boas. Fiquei durante dias fazendo pensamento positivo…E funcionou!

Cheguei sozinha Domingo de manhã no Jóquei (falei pro babe ficar em casa dormindo), deixei minhas coisas na tenda da imprensa e fui pra largada com meu amigo Harry. Já tomei uma do Wanderlei que me mandou largar mais da frente, sem sucesso, pois permaneci ali ao seu lado junto com o pelotão de  de 01:45.

Não ia me sentir bem ali do lado de um monte de gente doida pra ir pras cabeças, sei que isso me custa alguns minutos pois tenho que correr os primeiros km desviando e atravessando a multidão, mas por mais que seja competitiva sei que não sou elite e prefiro me colocar no meu lugar.

Enfim, corri os primeiros 3km com o Harry e nos desgarramos quando ele colou na parça que tava ali na frente e eu resolvi apertar um pouco mais. Tudo fluía, bebi todas as águas oferecidas, como esqueci de comprar as jujubas tive que tomar gel, mas com o tempo frio o gel não ficou quentinho e nojento e consegui por pra dentro sem dramas. (tomei o de Açaí da Integralmédica)

Tava correndo soltinha, mas  zig zag vai e volta na Avenida do Parque Villa Lobos comecou a me irritar um pouco.

Olhava em volta ng conhecido, apenas muitos homens e todos estranhos.

Procurei pensar em outras coisas, dar uma devaneada durante esses km e qdo percebi já estávamos na subidinha da ponte novamente. Chovia e aproveitei a energizada que isso me deu para dar mais uma apertada na passada.

Preferi  não acompanhar parciais pois queria fazer força sem nóia, então não tinha idéia nenhuma de tempo ou de colocação. Faltando 1,5 pro final da prova uma moto colou em mim e disse q eu era a primeira da imprensa. Não me lembro se estava forte ou mais ou menos pois no final já perco essa noção e pouco me importava o relógio. Lembro que foi gostoso ouvir isso e resolvi apertar mais.

Aquela reta nos últimos 500m já dentro do Jóquei sempre achei a pior parte, mas ontem  pareceu que tinha 100m e qdo percebi já tinha cruzado o pórtico.

Não foi fácil, nunca é! Mas acho que a concentração que adquiri durante a planilha do Wanderlei ajudou demais. (20km na USP em plena Quinta-Feira  e antes da jornada de trabalho  não é algo que se faz sem concentração).

Me senti correndo concentrada, sem fazer contas e despreocupada com quem tava na frente.  Sei que não é sempre que a gente corre assim, que somos um bando de amador coxa querendo buscar performance de profissional, então procurei aproveitar ao máximo esse momento.

Treinar com o Wand.Oliveira tem me ajudado em muitos aspectos além da corrida, o psicológico tem sido um deles.

Comecei a correr 21k em 2009 e ontem bati meu recorde pessoal na distância e subi no pódio da imprensa (liguei pro babe ir pro jóquei dividir comigo essa emoção):

01:34:49

Dizem que ganhei uma viagem pra Buenos Aires, não sei de nada ainda oficialmente. Mas independente disso foi maravilhoso poder levar pra cima a mensagem da nossa camiseta ‘Mulher de verdade não aceita violência”.

mizunohalf1

Sobre a estrutura, achei a prova muito bem organizada. O percurso bem marcado, sem encontrões desagradáveis.

Além disso, haviam muitos pontos de hidratação, inclusive uns estratégicamente posicionados metros depois da tenda do  gel e outros nos finais da subidas que salvaram muito.

Acho meio desnecessário o impacto ambiental, mas havia uma tenda de esponja  (o quanto polui fabricar esponjas?)  que seria até útil se estivesse calor.

Acho que a Asics pode comecar a se preocupar pois tem uma forte concorrente pra Golden Four. A Mizuno fez e fez muito bem feita essa prova!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esporte pra vida

roupasquentinhas

 

Para quem não sabe, sou produtora de conteúdo do site do Iguatemi além de estar por trás da concepção dos vídeos do canal Iguatemi Views no YouTube.

Diariamente pesquiso tendências e tenho acesso aos produtos mais legais e mais desejados do mundo, não posso dizer que não é interessante, divertido e que adoro perambular por este universo, adoro tudo isso!

Só que ao invés de desejar e de ter me tornado alguém diferente, depois que entrei aqui e comecei a ter esse enorme acesso ao mercado de luxo, tive cada vez mais certeza de quem sou e qual é meu estilo.

Desde pequena tive acesso ao mundo da música e do streetwear, meu irmão Felipe (que hoje vive em Londres) ouvia muita música boa, colecionava tênis, tinha muitas camisetas de banda e vários moletons de marcas de skate (Trasher, Chocolate, Diet etc…) e acho que o que sou hoje talvez tenha sido semeado nessa época.

No começo dos anos 2000, antes de me apaixonar pelos esportes meu estilo era meio rocker: adorava tatuagens, couro, estampa de onça…mas modéstia à parte, por mais eu fosse meio cafoninha, sempre fui muito interessada por moda e desde cedo lia muitas revistas sobre o assunto.

Me lembro que com uns 12 anos de idade morava no interior e colecionava catálogos das marcas, eu pedia pra eles pelo correio e recebia vários.

Enfim,  alguns anos depois a corrida entrou pra minha vida e a semente streetwear que tinha dentro de mim nasceu e consegui definir quem eu era.

Apesar de conhecer e vivenciar a moda, meu estilo é permanentemente esportivo e fim. Gosto de combinar legging com alguma peça mais fina, gosto de vestido com tênis, jaqueta de couro por cima de moletom de capuz.

Adoro misturar! No fundo, acho que a mensagem que quero passar pro mundo é que sou dos esportes e pronto.

Óbvio que seguro um vestido bacana e um salto fino, mas se não tenho a obrigação de usar não uso.

street

Gosto também do estilo Rock´n´Roll,  meu mundo ideal eu misturo os dois e vou pra vida ser feliz. Claro que não dá pra usar o tempo todo, mas quando não preciso ser tão corporativa, às vezes até aqui no trabalho mesmo é assim que vivo.

Nunca esteve nos meus planos usar roupas de mil reais ou  seguir à risca tendências,  e acho que respirar corrida e esporte assim como conhecer bem o universo de sportswear dá uma certa segurança pra seguir sendo quem sou. Essa é a minha praia.

Mas toda essa explicação foi pra contar que estou apaixonada e apostando muito nas blusas confortáveis no dia a dia. Elas tem cara de soninho, shape de gostosas mas muitas vezes funcionam muito bem pra ser feliz no friozinho.

hoodiesstyle

Como disse no começo, adoro usar jaqueta de couro por cima de moletom (ou HOODIE como chamam na gringa) e tenho uma coleção deles. Sou pirada em tênis e hoodies!

Fico maluca quando vejo uma perfecto de moletom, ou um ziper na diagonal.  Acho que essas peças além de confortáveis dão um ar bem descolado na produção.

hoodies

 

A maioria das marcas de esportes tem uma linha de SPORTSWEAR, onde as roupas além da pegada esportiva, tem influências de moda e música que geralmente são muito legais e despertam o desejo de trazer pra vida essa mistura.

Pra mim a Nike é absoluta quando o assunto é sportswear.

Essa blusa tem tomado boa parte dos meus pensamentos:

nikehoodie1

hoodies2

hoodies3

 

hoodie6

 

hoodies5

Estampas e cortes tipo blazer também são bem vindos.

Tenho um blazer de moletom cinza com capuz da The North Face que não existe uma pessoa que olhe e não ame ou sinta vontade de me abraçar! :)

Tá, agora que acabei todo o discurso sobre moda vou contar a verdade:

ando sentindo muito sono e só penso em coisas fofinhas e quentinhas.

Anyway, lembrem-se deste post quando estiverem com frio e sem vontade de sair com roupas duras e pesadas, ok?

 

 

 

Miadidas

 

 

Se você pudesse escolher uma foto do seu Instagram para virar a estampa do seu tênis, qual vc escolheria?

Eu certamente escolheria alguma do céu às 5 da manhã!

bf2ff2f2036db89c_0a405de7d6d25f1d_330326.xxxlarge

 

Parece que a Adidas vai lançar um APP chamado Miadidas que vai permitir transferir para seus pés suas imagens preferidas, criando um modelo único e super pessoal pra cada pessoa.

No entanto, o modelo disponível para impressão é o ZX Flux e tenho quase certeza que por ser da linha ORIGINALS ele não é um tênis de corrida.

Além de não estar confirmado se a novidade estará disponível no Brasil, mesmo que estivesse o preço do tênis ficaria perto dos MIL reais.

ZXFlux-miadidas-photoprint-Beach-570x407

 

Quem se arrisca?