Considerações finais.

Quem chora no treino, ri na prova já dizia o sábio poeta ZLC.

Pude valorizar os dias difíceis que tenho vivido acordando às 5:00am para treinar, chegando em casa as 9:00pm para poder fazer musculação.

Não que ficar menos tempo com as pessoas que amo e esquecer a vida social sejam as coisas maislegais do mundo, inclusive pretendo trabalhar mais isso(principalmnete a parte da família), mas pude perceber que realmente todo esforço é válido quando o assunto é corrida.

Meus 3 meses de cigarro foram interrompidos hoje depois de uma notícia esquisita que tive no trabalho. Tenho a obrigação de ser honesta com vocês. Fui fraca mas serei forte.

Independente de ter sucumbido à este cigarro, subir o Morro me fez perceber que largá-lo foi a melhor escolha que poderia ter feito, pensei (e falei!) isso muitas vezes durante o percurso e não pretendo voltar atrás.

Sem essa mudança jamais teria conseguido completá-lo.

Enfim, a prova foi maravilhosa, a equipe inesquecível e o Morro Maldito virou Morro Vencido.

(não é calcinha aparecendo tá? e o o shortinho da saia!)

Preciso agradecer à todos os amigos que me apoiaram, amigas/leitoras que vieram falar comigo (foi demais!!), à minha família, Malu e Gugu que aguentaram minha displicência de mãe-corredora viciada, à Dea Longhi que mesmo de longe (estava em paris correndo!) foi parte imprescindível da história, aos meus amigos da Nike (os que correram e os que não puderam ir aka Fer e Capitão), ao Paulo Chaves pelas dicas preciosas de montanhismo, papi e mami (sem vc numda), titio titia vovó, Camila Soncin minha prof. na Bio Ritmo, ao meu chefe que me liberou pra viajar, à Galassi que virou minha nova BFF e me aguentou choramingar, à Asics por me porporcionar essa viagem inesquecível e principalmente à Deus por ter me capacitado!

ps: O grito “Vomita Paula” dado pelo Rodrigo Raso no final do Trecho 3 foi mixed emotions: vontande de mandar calar a boca e vontade de descabelar mais ainda até vomitar mesmo!

Terminamos a prova em 12:03 com muita honra, sangue (né, Apa) suor e lágrimas! E fiquei especialmente feliz por ter sido ultrapassada apenas 3 vezes nos 23,7km que corri. Treina agora, ri depois!

Que venha a Serra de Maresias!!!!!

28 respostas em “Considerações finais.

  1. Era disso que eu tava falando… gran finale! Admiro mto a tua disciplina em acordar as 5h00 e chegar em casa as 21h00, eu ainda não consegui administrar essa parte, ja fiz mto planos de chegar em casa e sair para pelo menos caminhar, mas os deveres do lar, a criança que precisa de banho, jantar, fazer a lição de casa, o marido que quer conversar e aproveitar o pouco tempo que temos disponiveis nessa correria da vida, ainda não me deixaram coloca-los em pratica… to tentando achar um equilibrio entre um e outro, hj começo 1 hora de caminhada noturna com minha dog, para não pesar as missões nas costas do marido, um dia sou eu, no outro ele… rs e vamos que vamos que tb quero uma vida mais saudavel e um corpinho mais magro. bjs

    • Alê, sou Luciana Matos e vivo esse drama de casa/filhos/marido x corrida tbém. Mas estou fazendo de tudo p correr sempre… Estou com um filhotinho de 4 meses e qdo volto da corrida volto mto melhor e disponível p ele e todo o resto. Vamos continuando tentando né? abçs

      • Vamos tentando. A colaboração do marido é importante nesse momento tb né? O meu não tá mto colaborando não..tá difí!

      • Um dia consigo ser como vcs Luciana! Vou começar caminhando num ritmo legal, mas brevemente quero correr tb. Paula, dá um desconto p o maridon, não é facil administrar as funções e lidar com a falta q vc faz a eles. Enche ele de afagos! bjs meninas.

  2. Mto legal ler o seu relato Paula! Estou correndo faz pouco tempo, mas ler vc estimula mto a buscar a superação sempre! Parabéns!!! Tbm estou afim de fazer uma prova “insana” (para meus padrões) só pra sentir a alegria de chegar a acabada, mas de terminar!

  3. Oi, Paula. Muito legal seu depoimento. Vi na foto que estavas na equipe do Rodrigo Faraco, isso? Sou de Floripa e acompanhei a prova. Muita determinação e garra. Fico feliz pelo seu resultado, muito mais no temido Morro Maldito.
    Tbem tenho um blog de corrida. Aparece por lá.
    Um beijo e boas corridas! Agora, em Maresias.

    Helena C Vidal
    Correndo de bem com a vida
    helenacvidal.blogspot.com
    @correndodebem

  4. Pingback: Volta à ilha « Run 2 Be

  5. Olá Paula, comecei a treinar para corridas a 8 semanas pois estava muito acima do peso, ainda estou mas já me livrei 10kg e estou super feliz e encontra o seu blog irá me ajudar a continuar a correr…boas corridas….parabéééns!

  6. Paula, não tem como ser sua fã! Cada vez que vejo que tem uma atualização do seu blog no meu email, este é o primeiro a ser lido, sempre! Te admiro e mulheres como vc me fazem querer ser cada dia melhor na corrida e na vida! Parabéns, super parabéns!

  7. Parabéns, Paula! Não é fácil mesmo conciliar a vida de mãe, esposa, profissional e ainda treinar. Eu muitas vezes me sinto culpada por deixar meus filhos no FDS de manhã para ir treinar, mas sei que quando volto para eles volto MUITO melhor! Crianças precisam de mães felizes para ser felizes! Meu marido não está treinando, e as vezes fica meio emburrado, mas eu nem ligo. É o meu momento. Egoísmo? Nãooooooo..amor próprio! Você é uma guerreira e arrebenta em tudo o que se propôe a fazer! Bjs!

  8. Paula, nao acredito que vc também dedicou o morro vencido a mim, que lindo isso…saiba que vc iluminou meus dias aqui no Iguatemi, ate o Marcio tá meio com ciumes de tanto que eu falo de vc pra ele…e agora seguimos juntas, unidas, pra aproveitar ao máximo essa mudança a nosso favor, agora sou eu que to achando que vai vir um Morro Maldito e tomara que seja um Morro vencido e a gente vai brilhar e ficar bem melhor que estamos, glamurozas!!! bjs, bom findi

  9. Paula
    Foi ótimo essa prova. Nós Tigers nos demos bem na classificação…e você está correndo MUITO…
    Na primeira não digo, mas você será maratonista sub 3h30 (anota ai)
    Beijos
    Harrynho Paz e Amor

    • Harry, estou com algum medo da maratona mas sabe que acho q no dia que não sentir mais medo antes de uma corrida importante é pq alguma coisa perdeu a graça!
      Obrigada pelas palavras, to numa fase em q preciso delas!

      beijos!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s