A boa da semana.

Tenho uma coisa muito boa pra contar!!!

Em parceria com a Asics Brasil finalmente vai rolar o primeiro concurso cultural do blog.

Nesse final de semana tem Golden Four no Rio e depois em SP, provas de 21k são as minhas preferidas, ficaria nelas para sempre se o destino não estivesse me obrigando a partir para os 42…

Para pilhar os ânimos pré-prova vamos dar de presente um par de tênis Asics Speedstar 6 edição especial Golden Four e uma inscrição para correr a etapa paulista da prova dia 05/08, ambos entregues por mim em mãos no Sábado.

Gostou?

Então me conta nos comments (não vale escrever um texto!):

O que te fez  partir dos 10km para os 21km?

O que me fez partir para os 21km foi a sensação de “já acabou?” que sentia no final dos 10.

Encerra Terça-Feira dia 31/07 e meninos também podem participar, tá??

115 respostas em “A boa da semana.

  1. Quando a corrida estava ficando boa, a endorfina estava mil por hora e eu estava no auge do “barato da corrida”, ela acabava… Por que não prolongar essa sensação tão boa? Por que não dobrar o 10 kms? Então parti pros 21!

    • Assim como a maioria comecei correndo 5km, muito rápido fui para os10km já tinha um condicionamento bom e os 10km acabavam muito rápido, porem os 21km já era um desafio, então porque não aceitar este desafio, acho que somos nós mesmos que limitamos nossos sonhos. Então resolvi me Disciplinar, me Dedicar e Treinar, Treinar e Treinar muito mesmo.
      Dia 15 de Julho fiz a Meia de Sampa e terminei com um tempo excelente que me surpreendeu 01:23:08.
      Paula gostaria muito de participar desta prova me disseram que é a melhor em termos de organização, percurso etc.
      No momento só tenho um par de tênis para treinar me ajuda aíiiiiiiiii a ganhar este tênis lindooooooooooo.
      Valeu

  2. Pode responder por aqui?
    O que me fez passar pros 21km foi a sensacao de ” ah, da pra ir mais um pouquinho…” E esse pouquinho tem adicionado quilometros e mais quilometros….e daqui a pouco ao final dos 21km…vou sentir a sensacao do “ahh, da pra ir mais um pouquinho vai!?!?”!
    Bjsss

  3. 10 km é mais corpo que cabeça; 21 Km é ao contrário. É hora de mostrar que concentração, cuidar da alimentação, dosar o pace, saber a hora certa de usar os géis, tudo isso é essencialmente importante. E o mais difícil: como controlar isso tudo com a endorfina apaixonante nas alturas? Dizem que a paixão é cega, né?

  4. Com o passar do tempo, senti a necessidade de encarar um novo desafio e superar os meus limites. Então, comecei a treinar para os 21k! E não deu outra, tenho obtido excelentes marcas! Mas, o meu objetivo é fazer os 21k abaixo de 01h25m! Quem sabe, chegou a hora ou a prova??

  5. o que te fez partir dos 10km para os 21km?
    Na minha verdade é passar dos 5 km para os 21km… Treinar para os 21 km já está sendo uma delicia e cada dia eu sonho com o dia que esses treinos vai se tornar uma prova de fogo e poder curtir cada km com a alegria de dever cumprido!

  6. Ainda estou nos 10km, mas meu pensamento já está no ano que vem, quando pretendo me preparar para correr 21km.
    O que me faz pensar em aumentar a distância é o prazer que a corrida proporciona, além do desafio sempre maior de superação e mostrar que sou capaz.
    Correr é algo fascinante. Só quem corre pode falar.

  7. Corria 10km até março, aí entrei para uma assessoria de corrida e fiquei estimulada com as conquistas dos amigos. A felicidade estampada no rosto de quem corria longas distâncias me fez querer desafiar meu corpo e sentir aquilo também. Consegui! Vou para minha 2ª meia esse ano!

  8. Engraçada essa coincidência. Eu estou treinando para minha primeira prova de 21k! Vou passar minhas férias na casa de um amigo no México e esse doido resolveu me inscrever na meia de lá, que rola dia 02 de setembro. Nunca imaginei correr 21k, menos ainda fora do Brasil! Minha sensação é euforia com medinho (rs). Resumindo, eu não decidi sair dos 10 para os 21k… decidiram por mim! E eu adorei!!! E tu continua sendo minha inspiração também! 😉

  9. Passar dos 10 para os 21 fica obrigatório depois que a corrida começa a tomar conta de nosso dia-a-dia, mas o que me fez passar mesmo foram os treinos, muitos treinos com frio, chuva, dor de cabeça, resfriado, mas valeu a pena! Dia 5 tem G4 de novo, se for com asics novo melhor ainda!

  10. Parti para os 21km em busca de um desafio maior. Os treinos para a minha primeira 1/2 me renderam uma bursite no joelho direito e, após a corrida, dois meses de molho. Porém foi muito gratificante conseguir superar esse desafio, ainda mais porque treinava sem assessoria.

  11. Perceber que as roupas estavam ficando cada vez mais largas. Se com 10 eu consegui baixar dos 58 para os 54Kgs, imagina com 21! Hoje estou com 51kgs! Boa idéia! Rssssssss

  12. Derrota gera raça. Supero os 10km, uma reprovação num teste físico e o peito doído de raiva me fazem olhar pro lado, escutar o OK do treinador e meter a cara em 21. Abusada, persistente e até uma gota de receio.

  13. O que me fez me aventurar nos 21k foi o sentimento de SUPERAÇÂO. Preciso ser desafiada para me sentir viva, porque os desafios cotidianos não me proporcionam essa sensação indescritível de superar os limites do corpo e da mente.

  14. Os 10km são bem legais de competir, mas logo queremos mais. Fui aumentando o tamanho dos desafios Mas depois de chegar aos 42km, percebi que a maratona era uma prova que exigia demais do corpo. Para a maior parte das pessoas, maratona é para ser corrida mais devagar do que nossos treinos, durante várias horas. Já os 21km são longos o suficiente para nos desafiar, mas ainda são curtos o suficiente para não nos criar mais sofrimento do que prazer. E o melhor: a recuperação é mais rápida: no mês seguinte, podemos partir para mais uma!

  15. Me especializei nos 10K desde que comecei a correr, o desafio era baixar o tempo e completar abaixo de 40′. Até descobrir que vivia uma ilusão, depois da primeira Meia os 10K passaram a ser treino, o desafio agora é outro, 21K pra 1h20’… nem um minuto a mais, nem um KM a menos!

  16. Foi ter ganho a viagem com acompanhante e tudo pago pela Contra Relógio para correr ou a Meia Maratona ou a Maratona de Buenos Aires em 2012. Fiquei sabendo em setembro de 2011 que eu tinha sido sorteada e…como eu nunca tinha corrido mais que 10Km foi a oportunidade certinha para aumentar a distância! (só espero poder postar isto aqui no teu blog porque nunca consigo deixar comentários)

  17. Eu não decidi partir pros 21k… decidiram por mim! E é o melhor desafio que apareceu nos últimos tempos! Vou ao México em férias e meu amigo de lá decidiu me inscrever na Meia do DF, porque (segundo ele) quem corre 10 corre 15, e quem corre 15 corre 21! Então bora!

  18. correr 21km é o que faz me sentir a mais poderosas das mulheres, não importa o pace, as gordurinhas, os problemas, ex-marido, falta de grana, tudo isso fica bem pra trás depois de 21k.

  19. Ahh na verdade a mudança dos 21 Km aconteceu pela competição que tenho com meu irmão gêmeo e com isso fomos conhecendo o limite um do outro, passando mais tempo juntos já que tudo hoje é tão corrido, escolhemos a corrida para nos tornarmos mais unidos e irmãos.

  20. Como todas as distâncias na corrida o desafio, pois ninguém começa correndo 21km. No início mal aguentamos minutos, e com o passar do tempo e treinos você vai vendo que é possível! A 4 anos atrás achava que quem corria 10km era louco, não entendia aquilo, e 21k? rsrsrsrsrs…….

  21. O que me fez parti para os 21kms… a sensação de chegar até aonde você pode aguentar, de você da o seu maximo e no final de tudo você ve que conseguio cruzar a linha de chegada. mas não mais uma uma linha de chegada, e sim mais uma historia e esperiência para sua vida! 10 km é mais corpo, e velocidade; 21 Km é cabeça, muita paciência de saber a hora certa de aumentare e diminuiro seu ritmo. É hora de mostrar muita concentração, garra é muita paciência.
    porque afinal todo mundo ja se fez essa perguntar durante uma corrida: “nossa , nunca chega”. mais é o nunca chega, mais gostoso e prazeroso da vida de quem faz um 21!

  22. Jogar no easy é fácil, e nós sempre queremos mais, e sempre mais difícil, fazendo ficar fácil, 21k é um divisor de águas, só depois de correr 21k vc vê que o bichinho quer 42k, quer ir pro tri e ai vai! qdo vc vai ver… ja foi!

  23. Foi a vontade de me sentir cada vez melhor correndo e principalmente de ter meu pai ao meu lado, pois iniciei a corrida junto com ele, caminhada, 5km, 6km, 10km, 16km e finalmente 21km, uma felicidade só de poder está ao lado da minha grande inspiração que é o meu pai!

  24. “10 Km, ué…já acabou?!” Essa era a sensação que eu tinha e sem perceber vieram os 12, 16, 18 e finalmente os 21Km…o duro é parar em uma distância! Treinava 10 pensando nos 21. Agora treino pros 42 pensando nas ultras…se o corpo não limitar a vontade o jeito é correr mais!!!

  25. Corro 10k, 12k, mas minha primeira prova de 21k será a Golden Four.. Se vou terminar, não sei… Mas vou tentar ao máximo. Por que? Por que depois que o bichinho da corrida te pica, a cabeça consegue qualquer coisa, e ai, é só levar o corpo junto!

  26. O desafio que impomos de conquistar cada Km, saber que posso sincronizar minha mente e corpo, suar…suar, e ter a certeza que ao final, uma explosão de endorfina irá me dominar…REALMENTE, só que corre sabe e não da pra explicar!!!

  27. Os 10k não ficaram mais fáceis mas eu já sabia que ia terminar a corrida antes mesmo de começar, fui pros 21k para sentir de novo a sensação de “será que eu chego no fim?!”, isso foi a 3 anos e até hoje essa sensação persiste, por isso continuo nos 21.

  28. O que te fez partir dos 10km para os 21km?
    É a vontade de fazer uma corrida em que vc pode ao mesmo tempo, superar seus limites, testar sua resistência e mostrar pra vc mesmo que pode ir além dos 10km. E ainda curtir os 21km da prova.

  29. O que move a maioria dos corredores é um sentimento de inquietude, de não querer ver o tempo passar e ficar barato, correr 21k é quebrar uma barreira de ficar mais de uma hora correndo, é a metade do caminho para um maior desafio.

  30. O que te fez partir dos 10km para os 21km? Razões que a própria razão desconhece, mas posso dar uma razão.. O desejo incontrolavél de desafiar a mim mesma, correr mais e melhor e provar que grande parte das limitações são criadas por nós mesmos..

  31. Sempre que ia para o Aterro do Flamengo de carro, passando pela Barra, ficava imaginando: “Nossa, será possível que alguém consigue correr uma distância tão grande. Tem que ser fera!” Provei para mim mesma que meros mortais também são capazes de tamanha façanha!

  32. Sempre que ia para o Aterro do Flamengo de carro, passando pela Barra, ficava imaginando: “Nossa, será possível que alguém consiga correr uma distância tão grande. Tem que ser fera!” Provei para mim mesma que meros mortais também são capazes de tamanha façanha!

  33. Com certeza foi a vontade de chegar cada vez mais longe…A sensação maravilhosa de botar um desafio que parece inalcançável e ou final dizer consegui…Me superei

  34. Porque na vida termos que tenta novo desafios, temos que enfrenta novos desafios e como corre 5km depois de um certo tempo queremos corre 10km, assim também acontece quando evoluímos queremos tenta coisa novas partido para uma meia 21km chegamos casado,inteiro mas o mais importante e completa o percurso seja divaga ou rápido como eu sempre digo nem sempre o importante e competi mas sim participa.

  35. #RUNNINGSUCKS de verdade não se contenta em acordar as 5:00h ou treinar até em baixo de chuva, tem que desdenhar os 10k e partir para os 21k, afinal, sofro para ir mais longe.

  36. Obstinação, perseverança, determinação, coragem, superação, esses são sentimentos que constantemente permeiam a mente do corredor. Amor, este é o fincado no coração de quem corre os 21km.

  37. “Procuro me desafiar e me divertir tornando o extraordinário em ordinário. 21km é extraordinário! Até vc conquistá-lo e torná-lo ordinário para vc, isso te motiva a procurar desafios maiores… Baixar o tempo, Maratonas, Ultras! A mesma evolução segue na vida. #STOPATNEVER.”

  38. É sentir 2 vezes o melhor de mim, do meu corpo, da minha cabeça, do meu esforço. É desafiar a minha própria vontade de ser feliz, de satisfação, de vitória. É chegar em 264º lugar, em 167º, e sentir que valeram GOLD.

  39. Queria um desafio maior e diziam que correr mais que 1 hora dava um barato sem igual, sensação euforia! Arrisquei… e isso viciou! Correr 21k a endorfina fica a mil… e depois que dá o barato, impossível parar: é 42k, é montanha, é trilha, até ultra! E tudo por causa dos 21k!

  40. “Procuro me desafiar tornando o extraordinário em ordinário. 21km é extraordinário! Até vc conquistá-lo e torná-lo ordinário para vc, isso me motiva a procurar desafios maiores… Baixar o tempo, Maratonas, Ultras, se superar! O resumo: STOP AT NEVER.”

  41. Assim como decidi passar para os 10 depois da minha primeira prova de 5, decidi passar para os 21 depois da minha primeira prova de 10, é a vontade de superar todos os meus limites, sempre! Que venham os meus primeiros 21, na meia de Curitiba em 2013!

  42. O verdadeiro corredor sempre quer superar seus limites e tempo e distância nos desafiam continuamentente. é maravilhoso sentir a perna pesar…o corpo chorar…mas a mente sempre acha que pode mais…e podemos!!! basta querer e treinar. bora correr!!!

  43. Depois de tantas respostas, se vc ler a minha eu te convido para um café e explico cada metro dessa transição dos 10k para a meia passando pelos 15k. Quando a promo chegar aos 42 pode ser um almoço. Beijos e parabéns pela promo! SUCESSO!

  44. O que me fez partir dos 10km para os 21km foi o fato de chegar na placa do km 9 inteira, tranquila, com gás de sobra e bonita na foto e pensar se chegaria na placa do km 20 da mesma maneira.

  45. Dois motivos. Um: Queria experimentar correr mais de 10 km e ver se era tão bom o que todo mundo falava. Dois: Ver que muita gente menos em forma do que eu, digamos assim, estava correndo os 21 km. E eu ali, sempre nos 10 km. Então eu também podia. E realmente pude. 21 km é minha distância preferia agora.

  46. Para toda vez que ficassse parada mais de duas horas trânsito para percorrer míseros 21 km pensar: Se eu fosse correndo, eu já teria chegado! E ainda ganharia medalha!

  47. O que me fez partir dos 10km para os 21km e depois para os 42km eu nem me lembro mais. Mas se eu soubesse que isso me faria ser uma das metades dessa propaganda da Asics eu teria começado muito antes!!! (Im the lady in red!)

  48. Os 21Km foram chegando sem muito explicar…no treino corria uns 10Km, no dia do longo corria uns 12Km, uma amiga precisava de compania para “so mais 3 Km” e terminava o treino com 15Km. Até que desconfiei (sim, nenhum treino te garante que você vai conseguir) que se tentasse chegaria lá. Então resolvi me inscrever. A primeira vez é dura, você nao tem certeza se vai conseguir, a cabeça as vezes ajuda as vezes atrapalha, Km 18 “acho que vou morrer”, mas ja que vim até aqui…continuei. O primeiro pórtico de uma “corrida longa” a gente nunca esquece. Definitivamente você vira “the king of the world”.

  49. Os 21K, assim como todas as distâncias, possue uma sensação especial ao ser percorrida. Por isso parti nessa para comparar o que a diferencia dos 10K e assim a considerei como a minha preferida.

  50. Minha resposta talvez não seja tão boa, mas é sincera:
    Frustração.
    Cansei de correr 10 km querendo fazendo sub 50. Um dia desisti e falei: agora vou fazer 21 em 1h:50min. Isto foi há dez anos. Consegui já 1h:52min, mas eu sou novo ainda.

  51. O que me faz partir dos 10km para os 21km é a certeza que o meu corpo pode render mais e o meu coração quer continuar batendo forte de emoção de fazer por mais tempo algo que amo tanto, sempre no ritmo das minhas passadas firmes.

  52. Olá, na realidade, eu passei dos 10, para os 21, e depois para os 42, mas foi depois de uma cirurgia bariátrica. Os passos 10-21, foram os mais importantes para a auto estima. Enquanto “abaixei” dos 110 para os 70…kgs, subi dos 10 para o 21, e agora….42. Agora é abaixar tempo !

  53. Costumo dizer que a cada corrida tenho a sensação de “recarregar” a mente e fortalecer a alma. Desta maneira, o que me fez partir dos 10km para os 21km, foi a vontade de saciar cada vez mais minha alma com os quilômetros percorridos. Esta sede só tem crescido!

    Um beijão Paula (cruzei os dedos)

  54. Meninas, este não é mais uma frase para o sorteio, mas algo que sinto-me a vontade e esqueci de relatar para vocês. Algumas coincidências com o sorteio…rs! A decisão de correr os 21k veio principalmente quando a Golden Four Asics, em novembro ou foi outubro de 2010 lançou o evento. Recebi o e-mail de lançamento através de algum corredor, e foi daí que decidi – encaminhei na hora para me namorado. E decidimos esta será nossos primeiros 21k. E sem dúvidas foi inesquecível. Minha primeira meia maratona, no primeiro evento da Golden Four, sim foi isso. Como forma de superstição sei la – optei pela 1 cidade, já que este evento também seria lançamento no Brasil . Optei 1., 1 (RJ – 2011), e este ano repeti a dose do 1 (com BH). Compartilho com vocês o relato da minha primeira meia http://dartufba.blogspot.com.br/2011/06/primeira-meia-maratona-conquistada.html
    Um abraço a todas, e desculpa o texto Paula…rss!!

  55. Com as experiências que já tive, oque me faz parti dos 10Km para os 21Km é que vou me esforça mais, vou me conhecer mais, vou libera a extraordinária endorfina muito mais, ou melhor, vou mais uma vez supera meus limites!

  56. Ahhhh, ainda não estou nos 21km, uma pena….estou nos 10 km…me ralando….chego no km 8 e falo…PQP, faltam 2km ainda??? kkkk
    Mas vou chegar lá ainda , e vou te contar…amo seu blog, vc deve ser o maior baratão, deve ser gente como a gente, sem frescuras….adoro-te
    bjs
    Marcia

  57. Comecei a correr um junho de 2011 pelo velho clichê: emagrecer!
    Mal havia começado a dieta orientada pela nutricionista e a academia, assisti num domingo de manhã a cobertura na TV da Meia das Cataratas (do Iguaçu/PR) e como amo aquele parque achei que deveria ser uma prova fantástica, um sonho que “um dia eu seria capaz de correr aquilo tudo”…
    Mas naquela época em nem completava 5K sem alternar com caminhada e minha frequência cardíaca chegava a 190 bpm.
    Meu plano dos 5k seria em setembro de 2012, mas fiquei 60 dias de molho por uma fratura de stress, então foi adiado para dezembro de 2011, os 10k aconteceram em abril de 2012 e planejava os 21k para outubro de 2012…
    Mas, uma semana antes da Meia das Cataratas meu longão de 16k foi tranquilo e pensei “por que não tentar?” e para brindar, naquela semana, eu havia completado 21 quilos emagrecidos. Pensei “São sinais, 21 quilos = 21K ???!!!”
    E assim foi: inscrição e passagem aérea na última hora!
    Uma semana de tensão absurda e completei a prova em 2:12:02 (pelo meu Garmin)!
    Foi lindo! Um sonho realizado!
    Agora aguardo a segunda Meia Maratona, em outubro de 2012!

  58. Se o medo sempre me privou de correr os 21, a vida fez questão de me empurrar. Ao ganhar uma inscrição de presente, pensei: “E agora?” Agora é treinar. Treinei, corri, me apaixonei! Duas horas de desafio, endorfina e prazer. Correr 21km é demais!

  59. Desafio, superação, sensação que vem do coração, uma voz interior dizendo que “eu consigo!”, então pq não buscar mais esse desafio dos 10kms para os 21kms!! Bora ter mais essa alegria!!

  60. O maior impulso foi um sonho… numa fria noite de outono, sonhei que um dia uma blogueira, o nome ainda não revelado, ofereceria um tênis magnífico num concurso cultural, mas para ganhá-lo teria que correr e muito: 21 km. No dia seguinte dobrei os treinos!

  61. Partir para os 21k foi uma forma de estímulo e maior compromisso com os treinamentos e desafio pessoal. O mesmo aconteceu quando decidi ser um “maratonista”…e já começo a enxergar algumas coisas malucas que transcende aos 42k!
    Meu Deus! Onde isso vai parar! Rsrsrs

  62. Já tinha experimentado 10 KM, e foi um “longo” de 16 que me surpreendeu: vi que dava para puxar mais 5. Não tive dúvidas: fui para Floripa.

  63. O que me fez partir dos 10km para os 21km?
    O desejo de colocar meu corpo a prova e mostrar pra mim mesmo que sou capaz de me superar a cada dia!!!

  64. O que me fez partir dos 10 para 21 km foi a ânsia por novos desafios: inexplicável e intensa sensação de finalizar com velocidade o dobro da distância de costume. Quero mais!

  65. O que me levou a correr 21 kms foi a curiosidade de saber se eu conseguiria terminar a prova!
    E eu amo o frio na barriga que da antes da largada,pode ser 10,21,42 e ate os 50 que já completei…buscando longas distancias sempre!!!

  66. nunca corri os 21, é tão bom assim mesmo? O que faz eu partir dos 10 para os 21 é eu ganhar um tênis novinho ainda de quebra uma inscrição para a Golden Four ASICS, não tem coisa melhor!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s