When high meets low.

Uma tensão vai surgindo no coração. A viagem tá chegando, a corrida tá chegando..

Nos treinos, o HIGH tá encontrando o LOW.

Os 30k de Sábado virarão 22k nesse próximo e descrescendo assim por diante. Essa semana vou ver a Amanda  e conversar sobre o que devo fazer nos dias antes e no dia da prova, uma vez que minha nutrição hoje consiste em bananinhas, jujubas, sal e algumas cápsulas de BCAA.

Sábado fiz um treino muito bom com as pessoas da Run & Fun que irão pra NY, na verdade foi a primeira vez que corri com eles,  todos os meus longos foram feitos cada um em um lugar (menos USP) e acabei conhecendo a galera só nesse finde.

Me senti bem, fizemos 8 + 6 + 8 + 8 com 3 subidas de Biologia.

Tive o enorme prazer de conhecer a Aline Ribeiro, uma amiga/leitora que foi correr comigo e isso me animou muito à fazer as 3 últimas voltas.

O melhor (ou pior) de tudo foi passar por uma situação delicada que não havia passado em nenhum outro treino:

a vontade enlouquecedora de ir ao banheiro.

Sei que não é nada sensual nem feminino falar sobre esse assunto, mas como não sou dessas de frescura e nem sou muito mulherzinha vou falar.

E aí, como lidar? Pq xixi dá-se um jeito

O problema foi no km 23. Continuar até o final não era uma opção e parar no dia da prova tb não é…como faz?

Toma Imosec?

O treino estava indo maravilhosamente bem e aí do nada numa descidinha delícia vem a vontade.

Recomenda-se não comer nada integral ou com muita fibra antes de uma corrida, mas como o copro da gente funciona como bem quer, pode ser que você não coma nada disso e mesmo assim tenha vontade.

Sinceramente não sei o que fazer e não me lembro de ter lido em revista alguma sobre esse assunto, acho que é meio proibido, sei lá.

Eu já tô meio com medo, já tô tensa de como controlar as coisas na corrida, agora com esse assunto a mais tô meio beirando 1 desespero.

pronto falei.

25 respostas em “When high meets low.

  1. Ei Paula!!

    Problemão mesmo. Só consigo pensar em uma sugestão: ORAI, irmã! hehehe
    Paula, deixa eu te fazer uma pergunta idiota? Quando vc fala de jujuba, tá falando da jujuba, jujuba ou daqueles suplementos tipo gu??

    Brigada!! Bjssss

      • Muito obrigada! Eu era doida pra esclarecer essa dúvida… aqui em BH tb chamamos de bala de goma. No próximo longão vou experimentar pq aqueles géis eu não dou muita conta não… acho ruins demais. Bjssss

  2. Eu sou a RAINHA de ter que parar no meio do treino pra ir ao banheiro… sério… impressionante! Mas sei exatamente o que causa esse efeito em mim: vinho (que é o único álcool que eu tenho costume de consumir, e olha que nem é muito) e doce (chocolaaaateeee). Morri de medo de acontecer na prova… Estava em Paris e na 4a feira já cortei total álcool (nem uma tacinha sequer) e doce da dieta… funcionou… Maaassss… tava frio.. e a gente bebe água, e transpira pouco… adivinha? Vontade de fazer xixi do km 8 (isso… OITO) em diante… eu pensei em parar, juro… mas desistia a cada fila que via nos químicos… ia jogando pro próximo e assim fui até o hotel, depois de cruzar linha de chegada, pegar mochila, chorar, pegar metrô, etc… Sei o perigo disso, e sei que poderia ter me causado problemas mais graves (até pedras nos rins)… senti dores na bexiga por uns dois dias, e tratei de me empanturrar de água até que a urina voltasse a ficar beeeeem clarinha… se eu fosse a Paula, esse seria um dos conselhos lindos que eu dou, mas não sigo… não vá em frente (34km!!!) com a bexiga cheia!

  3. Paula, tdo bem? Acho que o segredo agora e segurar a onda na cabeça. Agora que você começa a lembrar do que os super atletas falam: dominio psicologico e mental. Controlar, descansar o cérebro. É isso…. Você já tá treinada e adaptada. E outra coisa, você vai pra NY tirando o friozin tem o rush da corrida, a galera, o visual e a trip. Aproveita os ultimos treinos e pé na tábua. abs

  4. Pois é, essa de ir no banheiro é uma coisa um tanto imprevisível. Na Golden Four tive que parar para ir no banheiro, não deu…
    Agora, já ouvi falar de gente que faz nas calças mesmo e joga água para amenizar…. bah. Melhor parar no banheiro, né ? Nosso tempo não vale vida ou morte.

    E a propósito, belo treino ! Você vai correr muito abaixo de 4h com tranquilidade. Boa sorte. bjs

  5. Boa tarde vou deixar um comentario e espero poder ajudar, tambem nao acho nada sexy falar sobre isso mais infelizmente nao tem por onde correr. Faço ultramaratonas e nao tenho estes problemas pq eu sempre acordo 2 a 3 horas antes da prova para minha necessidas fisiologicas, o ideal é programar o regolinho biologico para funcionar cedo, pq assim vira uma coisa meio automatica.
    Quanto ao que comer ai vc tem que ir fazendo testes, eu penso que se resolver o problema (banheiro) antes do treino o problema estara resolvido.

    Sem muito detalhes…rssss

    @robertvaz
    Att

  6. O que me deixou mais preocuopada quando fui fazer a maratona, foi exatamente isso, comecei a pesquisar, descobri que algumas pessoas usam supositório de glicerina uns dias antes pq aí limpa o intestino, não tive coragem. Preferi seguir outro conselho que era cortar a gordura e alimentos integrais uns dias antes. E ainda tem a tensão pré prova, e junto a prisão de ventre. Fui correr, morrendo de medo, mas deu tudo certo, não precisei fazer pit stop. Passei os 3 dias que antecedem a prova comendo macarrão com atum light, sem molho, feito só na água, e comia um sanduiche super sem graça com ricota pura e peito de peru. Líquido muita água de coco.

  7. Lindona o prazer foi todo meu de ver a fera em ação…:-)
    Já em relação ao problema urgente, procuro acordar cedo já q meu intestino é pontual…rs Mas definitivamente é uma coisa q te faz correr mais rápido kkkkkk (gostei de finalmente alguem falar disso…parece mito, frescurinha de assunto proibido..rs)
    bjão e parabéns pelo mega treino!

      • To lisa e cortei um palmo…! rs
        adorei te conhecer, linda (no meio de um longão) e mega fofa! ❤
        depois dá uma olhada na história no meu ponto de vista kkk 😉 bjão

  8. Bom, sou assídua na leitura do blog, mas raramente faço comentários. Chato ter que falar logo de cocô. Mas eu SEMPRE tenho esse problema. E adoro! Vou explicar: durante anos (a vida toda?) tive muita prisão de ventre, sempre às voltas com remédios etc. E foi justamente a corrida que me devolveu uma rotina no organismo. O problema é que quanto mais eu corro, melhor o organismo funciona. E, como eu bebo muita água durante as corridas, é certo que em algum momento eu passo grandes apertos. Na academia, sem problemas, na cara de pau eu dou uma pausa vou ao banheiro e volto. Na rua, eu vou dando soluções diferentes: aguento, vou na casa da minha mãe que é perto da praia, coisas assim. Agora, nas competições, eu cuido da alimentação no dia anterior e também acordo mais cedo para fazer uso do supositório. Pronto! Fica tudo sob controle! Depois dessa confissão constrangedora, espero ter ajudado! Beijos

  9. Tenho um amigo que super teve esse problema na maratona de Berlim. Ele teve que parar pra fazer nº 2 durante a corrida. Segundo ele, tinham vários banheiros químicos durante o percurso para essas emergências. Ele ainda conseguiu terminar a prova abaixo de 4h. Então não se preocupe…. se der a vontade eu acredito que vc pode fazer um pit-stop e ainda fazer um bom tempo na corrida!! Boa sorte!

  10. Paula, não sou monstra na corrida, mas já fiz 3 maratonas e em nenhuma aconteceu esta vontade, nem mesmo xixi. O negócio é acordar cedo, a ansiedade pela corrida ajuda para que tudo venha abaixo antes, bem antes. Dá vontade de ir ao banheiro desde a hora de levantar até antes da largada, umas 3 vezes ou 4, depois de alinhar para largar, é só relaxar e ir em frente, a ansiedade passa, a vontade de ir ao banheiro tb!
    Não tomo leite no dia de correr. Se a corrida é de manhã, tomo uns 2 ou 3 chimas (chimarrão), como pão com mel e 1 banana. Na semana toda que antecede a maratona, tomo muita água e água de coco, além de muita massa (sem molhão!).
    Prá mim funciona.
    Fica tranquila, tenha alguma estratégia para o caso de acontecer, mas acredita que essa preocupação pode ser totalmente desnecessária, vai dar tudo certo!
    Boa prova!

  11. A dica do Robert de ‘ensinar’ o intestino a funcionar cedo, é ótima. Já consegui ‘adestrar’ o meu, sempre acordo umas duas horas antes do longão/maratona , tomo muita água e corro pro banheiro. Vou pra pista vazia…rrss
    Eu também me informo sobre o ponto ou quilômetro em que haverá um banheiro químico, assim dá pra administrar o ‘aperto’, e levo um pacotinho com lenço de papel – aquele que tem nas lanchonetes de fast food!

  12. Oi Paula , acabei de fazer a maratona de berlin e tive o desconforto logo no começo …a sorte eh que no começo do percurso ninguém quer ir ao banheiro, então só perdi um minutinho…cronometrado! Rsrsrs
    O segredo eh criar um ritual logo nos treinos longos!
    Boa sorte em NY…vc vai brilhar!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s