Sobre fotos, beleza, fitness e paquitagem.

esse post estava há alguns dias no meu rascunho, e hoje depois de ler um post no Facebook tomei coragem de finalizá-lo.

“Olha, vou fazer um desabafo: é fácil fazer blog de dieta e boa forma e fazer mil hashtags da magreza quando é a única coisa que a pessoa faz da vida.”

tumblr_ml0aviLT1K1rk9nhlo1_500_large

No caso desses novos blogs de fitness, alimentação saudável etc etc acho q a linha entre motivação e frustração tem sido bem tênue. #projetoseilaquem #projetoseilaoque…..

Nas fotos que essas garotas postam vejo barrigas trincadas dignas de capa de revista, rostos sem suor, cabelos de gisele, suplementos alimentares de última geração de embalagens lindas, academia premium, alimentação super colorida e variada, looks das coleções da Nike, Asics e afins GRINGAS AND treinadores/personal trainers tb dignos de capa de revista.

Não existe um item sequer que faça parte da minha realidade, exceto a do treinador bonitão que no caso só me passa planilha de corrida, e pra ser bem sincera ver essas coisas às vezes me faz sentir bem loser: corro feito doida, malho com total disciplina, não cometo excessos e mesmo assim meu corpo não está trincadasso.

No entanto tudo na vida é livre arbítrio e entrar nesse tipo de conteúdo tb é.

Eu gosto de interagir e ler coisas mais próximas à minha realidade, gosto de falar com pessoas que tem as mesmas dificuldades que eu e não escolhi não ter glamour, simplesmente é o que tem pra hoje.

Esse é meu mundo, isso é o q tenho para compartilhar. Ser mãe, trabalhar, não ser rica e ainda manter a disciplina nos treinos é bem difícil, precisa de estratégias e precisa de troca de experiências, saber que existem mtas mulheres como eu que tem essas mesmas dificuldades é uma das coisas que mais me faz ir em frente, meu único conselho para quem se deprime lendo o outro lado cheio de glamour é simplesmente parar de ler.

Eu parei, não é minha realidade, não me acrescenta e não me ajuda.

This is my truth, tell me yours!

72 respostas em “Sobre fotos, beleza, fitness e paquitagem.

  1. KKKKKKKKK muito bom Paula! E ainda vivem em Miami.

    Quero ver ter a única hora pra malhar de manhã bem cedinho ou a noite, dormir com cabelo suado ou ter que secar exausta a noite depois do treino, cuidar de filho, marido, casa, viver remendando a unha por não ter tempo de ir ao salão.

  2. Treino com o Nucleo aventura, vejo muita gente treinando pesado, se alimentando adequadamente e Ninguém tem os corpos dessas “Personal trainers”!!!! Onde elas estão???

  3. Quero ver ser publicitaria e conseguir acordar cedo para malhar, não jantar pizza, e se virar nos 30 (dias do mês) com o salario. Tem que ter agilidade muito mais que glamour.

    Agora na boa, este post é perfeito. Pq esses blogs até incetivam no começo mas, depois acaba frustando pq todas as dicas, a gente não consegue encaixar na nossa realidade e parece q a gente só vai conseguir, se tiver tempo, dinheiro e alguem te patrocinando. #tafacil
    Pode parecer puxa-saquimos, mas vc é muito exemplo pra mim. Pq vc tem uma filhinha, trabalha com mkt digital e tem conta pra pagar. Mas com tudo isso vc consegue ter um corpo legal e um desempenho fantastico nas corridas. Ou seja, um exemplo a ser seguido DE VERDADE!

    #PROJETOREALIDADE

    BJS

  4. Oi Paula,

    Eu passo a mesma coisa:
    – cumpro 95% da minha planilha;
    – faço musculação;
    – sigo dieta prescrita pela nutri…na verdade, sigo 60% dela, mas não cometo excessos;

    Estou em um peso legal, mas meu corpo também não é digno de uma revista…rsrs

    O que fazer? Seguir em frente treinando, e curtindo a quebra de uns Recordes Pessoais Mundiais. E agora também curto umas corridas em montanha: Experimentei e viciei 🙂

    Abs
    fabiojapa
    http://www.run2b.com.br

  5. Nossa Paula falou tudo, meu tem umas coisas q eu vejo q é meio impossível de acreditar, uma lá q perdeu um milhão de kilos em 10 meses e ta com o abdômen da Gisele e ainda tem a coragem de me falar q foi só na dieta natureba, aham, senta lá!

  6. Falou tudo, Paula. Me conectei com você desde o “finado” Orkut pq me identifiquei com sua vida. Trabalho 9 horas por dia,(e ainda tenho metas diárias pra bater) tenho 2 crianças de 8 anos, marido, uma casa pra coordenar, correr 4 x, fazer a bendita da musculação pelo menos 2 x por semana,e as unhas ainda tem que esatar feitar, os pêlos depilados, e as raízes dos cabelos impecáveis, já que sou executiva e trabalho diretamente com o público. Mal tenho tempo pra comprar roupa! No FDS, atenção com os pequenos, que nem comigo jantam, já que chego tarde, cinema, teatrinho, jantar com marido..EU NÃO PASSO O DIA NA ACADEMIA, FAZENDO MUSCULAÇÃO, IOGA, NATAÇÃO, BIKE…como bem, não tenho mais nutri pq já tive por anos e aprendi como comer direitinho, mas não tenho o corpo mais perfeito do mundo..Como não vivo disso, e somente para isso, já faço mais que 99% da população! Estou feliz!

  7. Pingback: Triathlon + vida real: não é igual a Gisele Bünchen | De olho nos 42k

  8. Paula!! Por isso que eu não deixo de ler seu blog, que fala mesmo da realidade, porque acordar ter que ir trabalhar, cuidar da casa e ainda por cima cuidar do corpitcho e da saúde não é fácil nao, agora ganhar para ser magrinha e ter copinho trincado ajuda né? Fora que alguns destes blogs, instagrans são bem ilusórios, fora da realidade e a maioria deles induzem as coitadas que seguem a anorexia, meninas tão mais tãoooo magras querendo cada vez mais emagrecer..da pra citar um monte aqui..maaaaaans..
    eu gosto mesmo é de correr, é de comer meus docinhos na tpm e ser feliz ..!

  9. Além de não ajudar ainda afasta as pessoas do exercicio fisico. Ficam achando que é coisa do outro mundo, que não é pra qualquer uma. Eu treino com camisetinha velha, short tenho 3 , e espero promoção na Netshoes pra comprar um tênis mais ou menos. Moro no interior , tenho 2 filhos, uma loja, não tenho empregada, cozinho todas as refeições. Aqui não tem lugar bonito pra correr, e as vezes a calçada parece uma trilha acidentada. Como o que eu quero, não tomo suplemento nenhum e to me preparando pra Maratona do Rio. A motivação? é só porque eu quero, só isso. Vou lá e vou correr. O Amir Klink fala que você não deve ficar sonhando e vendo a vida e a viagem dos outros pela TV ( e pelos blogs), você deve ir até lá ver, e participar! Do seu jeitinho, mas fazer, né? 🙂

  10. kkkk bem comentado. Uma vez ouvi do meu primo a seguinte explicação. “se o seu corpo não tem a genética certa vc nunca vai ser um jacaré forte. Vai ser no máximo um calango” Ele mora em Goiás e jacaré lá é ou era gíria para uma pessoa forte, definida ou sarada.
    eu tbm não tenho essa genética, mas continuo nos treinos. abs e boa semana

  11. Amei o post, tá certíssima!!
    Perfeito seria se eu pudesse ao invés de trabalhar 8hs por dia, estudar a noite, acordar cedo pra correr, malhar na hora do almoço, chegar em casa colocar roupa do marido pra bater e etc eu pudesse ir ao salão fazer a unha no meio da tarde, a esteticista pra secar a barriga, malhar as 10hs da manhã e ainda ter aquele almoço digno de estrela!
    A realidade de todo mundo que acompanha seu blog Paula é muito parecida com a sua, não é a toa que vc é ídola de muitos aqui, inclusive eu!
    Por isso te admiro e admiro as pessoas que são como nós, guerreiras e apaixonadas pela corrida, pelo esporte!

  12. Paula,

    Você tem toda razão. “Na prática, a teoria é outra”. Ou: a realidade de uns não se aplicam a outros.

    Eu tenho esposa e filho, além do trabalho. Para treinar, preciso fazer “malabarismo” com a agenda (e, obviamente, abrir mão de outras coisas). Ou treino de manhã bem cedo (abrindo mão de algumas horas de sono), ou treino na hora do almoço (abrindo mão do “social” e da companhia de colegas), ou treino a noite após o trabalho (geralmente mais cansado, e abrindo mão de momentos em família).

    Mas, voltando ao seu post: gostaria de parabenizá-la porque, além de todas as suas muitas demandas do dia a dia e apesar de todas as dificuldades, você treina firme e forte, quebrando recordes e superando desafios! Fiquei “espantado e assombrado” (no bom sentido) com seu resultado na Golden 4 Asics RJ. Apesar de ser uma “amadora” (no sentido de não ter dedicação exclusiva e nem apoio financeiro para correr), você tem um desempenho de elite!

    Você é um excelente exemplo para “nossa classe” (a dos corredores amadores que, mesmo com as demandas da vida, dão um jeito de calçar o tênis e sair correndo seja a hora que for).

    Parabéns, Paula! Sou seu fã!
    Brunno.

  13. Perfeitamente!

    Nosso dia a dia não é brincadeira, as escolhas que fazemos pra poder seguir com disciplina os treinos e a alimentação não são nada fáceis, sem glamour nenhum!

    Na internet, tem público pra tudo, vai da pessoa se iludir com um estilo de vida que não cabe na vida dela, seja por tempo, disposição ou orçamento, e depois aguentar a frustração de não conseguir atingir esses objetivos intangíveis.

    Bjoooo

  14. Oi Paula, sempre leio, nunca comento mas “tô contigo”, os #projetosseilaoque já deram, paquitagem demais.
    Nem olho mais essas coisas, muito fora da casinha.
    Fernanda

  15. Paula, que texto!
    Não vou mentir pra vc: eu sigo essa “mulherada de abdome sarado que toma suplemento importado e veste nike”. Outro dia até coloquei uma hashtag #projeto… numa foto do grupo de corrida que participo. E quando a foto não foi escolhida por ela, até questionei a moça, que me respondeu (olha que simpática!), dizendo que “são muitas fotos”.
    Entrei na onda! Mas entrei consciente de que isso é a “profissão” delas.
    O grande problema é que além de vender suplemento e nike e serem simpáticas, elas passam a falsa ideia de que isso é o que importa na vida. E é aí que mora o perigo.
    Feito publicidade infantil, a linha é tênue.
    Por isso textos como esse precisam ser escritos e divulgados.
    Parabéns Paula! Parabéns!
    bj
    Dani Balan (37 anos, mae, blogueira, advogada, corredora, artista de teatro da escola das filhas, que, outro dia confessou que não dá tempo de tomar banho todo dia depois do treino…rarara!)

  16. é exatamente por isso que vc tem tantas pessoas reais que te admiram, que vem aqui diariamente em busca de um post novo, q tem tanto carinho por ti! bj

  17. Concordo contigo Paula pois nada destes blogs me acrescenta, primeiro por que são coisas fora da minha realidade e que dificilmente conseguirei seguir. Gosto de coisas reaisssss…. e não menininhas que já nasceram secas e dizem que foi dieta. Ahhh catar coquinho, eu quero é coisas real….zé!!

    Beijão

  18. Paula, vc disse tudooooo q sempre penso quando vejo esses #projetosfulanadetal … além de tudo acho até perigoso essas pessoas que ficam postando dicas, falando de suplementação e exercícios sem ter a devida formação para isso, pq os leigos acreditam e irão seguir o que essas pessoas falam, sem ter a mínima noção que podem estar colocando a saúde em risco. Mas o que acho pior é o pessoal idolatrar e ter como inspiração uma pessoa que tem de tudo para ter aquele corpo, tem tempo de sobra, tem muita grana, os melhores personais, os melhores suplementos, as melhores roupas, o que é totalmente fora da realidade para a maioria de nós. Pra mim, inspirações são pessoas que se desdobram no seu dia-a-dia para manter um estilo de vida saudável, praticar o esporte que gosta e ainda cuidar da casa, dos filhos, trabalhar feito louca, pegar busão e muito mais … por isso me inspiro em pessoas como vc e não nessas mulheres ricas e fúteis que ficam postando milhões de fotos e dicas por aí como se fossem rainhas, pois não são …
    p.s. Te vi hoje treinando na Smart de Osasco e tive mais inspiração e força para completar o treino do dia =)

  19. Paula, vc arrasou!
    Depois de 3 gestações, abdomem trincado é sonho de consumo, mas só com plastica, o que está looonge do meu orçamento. Enfim, são tantos afazeres diários na vida real que esse sonhos são só sonhos mesmo, não reais pra mim. Me cuido sim, alimentação, exercícios (corrida, musculação), tomos suplementos por indicação médica até porque com a rotina super puxada de trabalho, casa e exercícios, estava me acabando…
    Penso que as vezes esses “projetos” me animam sim em momentos que tenho vontade de desligar o despertador e virar para o lado para dormir mais um pouco. Mas não dá. Tenho um compromisso comigo mesma e isso é o que me tira da cama, de verdade.
    Parabéns pelo texto, pela iniciativa e repercussão.

  20. Tudo o que sempre pensei, do jeito que queria dizer. Valeu! Tambem parei de seguir esses projetos e as bloguetes que não tem nada haver com a minha realidade. Bjo!

  21. To chocada pois eu juro por David e Sarah, meus filhos, que NUNCA tive o desprazer de entrar nesses blogs…….Eca!
    Mas miga tb tenho em comum o personal bonitão ……….meu maridao!
    Love you

  22. Olá Paula.
    Acabei me identificando com o seu post também.
    Treino e me dedco, mas não gosto de tantos “frufrus” que o povo diz ser essencial. Deixei o preconceito de lado eadotei alguns itens, mas nada que me faça ser dependente deles.

    Mesmo homens, está cheio de gente que tem mais aparência do que conteúdo.
    Grande abraço

    Corridas do Luizz

  23. Eu na verdade adoro me inspirar com fotos bonitas, com corpos bonitos e talvez com uma coisa mais utopica, mas é o que me move. Eu realmente não consigo seguir quem posta umas fotos de comida que eu não sei se é ração, mingau ou o jantar, eu gosto de ver um prato bonito, me inspira ir pra cozinha e tentar fazer igual, se eu vou ficar frustada depois… ai já é outros quinhentos, o mesmo com corpo, eu vejo uns antes e depois que eu limpo, coço os olhos e não vejo a diferença e a pessoa coloca: após 4 meses de dieta e treino, isso sim me frusta. Eu gosto de ver um corpo bonito porque eu penso: e se eu chegar lá? Acordo de manha, abro o instagram e penso é hoje que eu dou um passinho mais próximo de um corpão desses. É meio fora da minha e talvez da realidade da maiorias das pessoas é? Mas pra inspiracão o céu e o limite e ninguém quer se inspirar em coisas meio boca (penso eu).

    Meu eu tambem sou estudante, esposa, dona de casa, trabalho 10h por dia fora e tiro forças no sabado (nao sei de onde) pra ir treinar pra maratonas. Mas ai eu não me inspiro em que corre 10k né? Eu vou lá ler a wikipedia da Paula Radcliffe.

    Bejao

    • é que na verdade cada um tem suas prioridades. a minha não é ficar com gomos na barriga e sim ter força física e mental pra superar tudo e conseguir treinar direitinho.
      prefiro ver e ouvir histórias possíveis e normais como a minha do que histórias de contos de fadas. poucas vivem isso. não tenho pq contemplar a vida dessas pessoas.

      beijos e boas corridas!

  24. Sem mais! Vc disse tudo, absolutamente tudo! Trabalhamos, cuidamos de casa e dos nossos filhos e corremos (muito)! Ha muito tempo parei de ler esses tipos de sites e blogs, sao tao fora da realidade que nao valem o tempo perdido.
    Nada como procurar por “gente com a gente” pra conseguir inspiraçao!
    Bjao

  25. Ahhh Paula seus posts são SENSACIONAIS, Paula sendo Paula, só isso que precisamos afinal manter TRABALHO + ROTINA + STRESS + DISCIPLINA + BOM HUMOR não é fácil para ninguém, e para ser sincera quem vive neste mundinho perfeito de paquita exibicionista não sabe o que é ralar diariamente e nunca desistir. bjo SUALINDA!

  26. Pois é, difícil mesmo é compartilhar que fiz xixi na calça no final da corrida… kkkk… Cadê o glamour!? Está faltando um pouco de realidade nesses #projetosbonecabarbie. Ótimo post, adorei! Bjos

  27. Parabéns, perfeito!!!! A nova moda de perfect life é bem distante da realidade, estava conversando com amigos publicitários essa semana e essa jogada de mkt já teve movimento astronômico no comércio fitness, é uma pena que os suplementos vem sendo tratados com tanta falta de considerações…..me assusta essa modinha daqui uns anos…

  28. Paula, tinha lido o post há tempos, adorado, mas não sou de comentar. Hoje, depois de ver mais um blog, teoricamente de corrida, mas cujo grande projeto da autora é virar uma panicat, tinha que te dizer como acho esse espaço legal: o prazer de correr por correr, a preocupação saudável com beleza, alguém que ainda come e não vive só de suplementos e que se supera dia a dia.

  29. Suuuuuuuuuuper adequado!! Suuuuuuuper me identifiquei!!! Mãe, profissional, esposa, dona de casa, mulher e malhadora!!! E dou conta de tudo, do meu jeito, na minha velocidade!!! Expectativa é frustração com hora marcada!!!

  30. Sensacional Paula!!! O meu blog e meu estilo de vida preza exatamente isso: ser quem a gente é, comendo o que todo mundo tem facil em casa, fazendo atividade ao ar livre, levando o filho junto! Isso é vida real! Prefiro nao ter milhões de seguidoras e continuar mantendo a minha essencia do que ficar olhando tudo aquilo e ter a certeza de que se elas nao tivessem grana, e tivessem 2 filhos como eu, não estariam nem metade do que são hj!
    Um beijo a vc, mulher de verdade, gente da gente

  31. Paula, conheci teu blog ha pouco tempo atraves da minha personal, Isadora Martins. Ja era fa, depois desse post fiquei mais ainda! Muito triste apostar todas as fichas num abdome trincado que, como voce disse, deveria ser apenas consequencia. Tem tanta coisa mais importante nessa vida!!!

  32. hahahaha
    Não vou mentir pra vc: eu sigo duas dessas “mulheres de abdomen sarado que toma suplemento importado e veste nike”.
    hahahahaha
    Mas vc falou muita verdade mesmo,porque tem muita menina e mulher que segue e ao invés de pararem de ler,caem na baixaria, no esculacho , ao invés de irem fazer alguma coisa por elas mesmas. E ficam sonhando que vão conseguir alguma coisa olhando fotos e esculachando.Eu fico boba de ver….
    E a vida é simples assim como vc falou, ficar vendo e lendo pra que?
    Se deprimir atoa pra que?
    Eu também me cuido,corro feito doida, malho com total disciplina, não cometo excessos e mesmo assim meu corpo não está trincadasso. Mas pra mim o que importa é ser saudável e pelo menos conseguir me mantar magra,rs….E já tenho 39 anos e acho que tô muito bem pra idade que estou.
    As “pessoa pira” hahahaha,se iludem atoa!
    Bjo

    • Acho que tudo bem seguir, elas são lindas e ricas quem é que não gosta de ver fotos de gente assim?
      Só acho que é preciso tomar cuidado pra não pirar e/ou se frustrar.
      Eu me frustrava de ler Capricho qdo era novinha pq era feinha e ng queria me beijar, parei de ler e fui à luta!
      aloka! ahahaha

  33. hahaha,tb tive minha época de CAPRICHO e ficava doida com a Ana Paula Arósio nas capas,com os cachos lindos e os meu cabelos cacheados tb,mas não ficavam iguais,hahaha

  34. Falou tudo! Adoro teu blog! Parabéns e continue assim! Sem #projetosdaputaquepariu #geracaocaralhoaquatro e receitas mirabolantes (sem glúten, sem lactose, sem açúcar, sem sal, sem nada) a base desse monte de suplemento que sabe-se lá o que vão causar no corpo daqui a alguns anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s