Half Marathon Mizuno Etapa SP

Não tenho a menor dúvida que quando a gente faz a nossa parte no mundo, o mundo faz a dele na nossa vida.

Demorei um tempo para enxergar na vida offline essa missão que tenho de incentivar o esporte na vida das mulheres e de provar por A + B que nossos limites quem impõe somos nós mesmas. Aqui nesse blog sou exatamente o que sou em todos os outros lugares, e como a gente sabe que manter a transparência é um exercício diário, acho que esses anos de blogueira estão me ensinando muitas coisas sobre enxergar, aceitar e ajustar minhas fraquezas.

É impossível manter uma farsa para sempre, assim como é impossível sorrir e ser linda todos os dias. Me sinto privilegiada por diariamente escutar e ser escutada por tantas meninas, que assim como eu so querem seguir a vida felizes e  se sentindo úteis para o mundo e que óbvio, num dia tão bem e no outro estão mais ou menos.

Me sinto privilegiada tb por ter tanta gente abençoada por perto, principalmente a parça e a Debs que diariamente me ensinam muito sobre força e respeito.

Felicidade também contempla o modo como a gente “se trata”. Hoje aprendi a me respeitar, me valorizar e a honrar minhas escolhas muito mais do que antes cuja minha maior preocupação talvez fosse provar pras pessoas que eu não era uma loser.

Sei lá, às vezes tb  estamos em ambientes errados, em situações e ciclos errados ou até mesmo com pessoas erradas e é inevitável que isso não interfira na maneira como a gente “se trata”, como a gente se vê e como a gente se posiciona com o mundo.

E no fundo acho que tudo é decisão nossa, por isso acho que sempre vale à pena a gente pensar sobre os ciclos que queremos quebrar, aprendi isso com a parça e sua missão no mundo que é ajudar a quebrar os ciclos da violência contra a mulher.

Tudo na vida são ciclos e só depende da gente quebrá-los caso não estejamos mais felizes.

Eu quebrei alguns e a vida tem sido “daora” comigo. Depois conto a outro notícia boa pois hoje falarei sobre a meia da Mizuno que participei ontem e foi uma das melhores provas que corri nos últimos tempos.

mizunohalf

Nunca coloco número de peito pra correr leve, exatamente por isso que não participo de provas todo final de semana e não tenho nenhum problema em desistir na véspera caso não esteja me sentindo bem.

Como decidi que não faço mais prova na TPM pq sofro muito,  só correria se ficasse menstruada.

Por outro lado, minha vontade de participar era grande!

Sei que a Mizuno nunca faz nada meia boca e além de ser uma prova nova no caléndário, tinha certeza que seria uma paquitagem das boas. Fiquei durante dias fazendo pensamento positivo…E funcionou!

Cheguei sozinha Domingo de manhã no Jóquei (falei pro babe ficar em casa dormindo), deixei minhas coisas na tenda da imprensa e fui pra largada com meu amigo Harry. Já tomei uma do Wanderlei que me mandou largar mais da frente, sem sucesso, pois permaneci ali ao seu lado junto com o pelotão de  de 01:45.

Não ia me sentir bem ali do lado de um monte de gente doida pra ir pras cabeças, sei que isso me custa alguns minutos pois tenho que correr os primeiros km desviando e atravessando a multidão, mas por mais que seja competitiva sei que não sou elite e prefiro me colocar no meu lugar.

Enfim, corri os primeiros 3km com o Harry e nos desgarramos quando ele colou na parça que tava ali na frente e eu resolvi apertar um pouco mais. Tudo fluía, bebi todas as águas oferecidas, como esqueci de comprar as jujubas tive que tomar gel, mas com o tempo frio o gel não ficou quentinho e nojento e consegui por pra dentro sem dramas. (tomei o de Açaí da Integralmédica)

Tava correndo soltinha, mas  zig zag vai e volta na Avenida do Parque Villa Lobos comecou a me irritar um pouco.

Olhava em volta ng conhecido, apenas muitos homens e todos estranhos.

Procurei pensar em outras coisas, dar uma devaneada durante esses km e qdo percebi já estávamos na subidinha da ponte novamente. Chovia e aproveitei a energizada que isso me deu para dar mais uma apertada na passada.

Preferi  não acompanhar parciais pois queria fazer força sem nóia, então não tinha idéia nenhuma de tempo ou de colocação. Faltando 1,5 pro final da prova uma moto colou em mim e disse q eu era a primeira da imprensa. Não me lembro se estava forte ou mais ou menos pois no final já perco essa noção e pouco me importava o relógio. Lembro que foi gostoso ouvir isso e resolvi apertar mais.

Aquela reta nos últimos 500m já dentro do Jóquei sempre achei a pior parte, mas ontem  pareceu que tinha 100m e qdo percebi já tinha cruzado o pórtico.

Não foi fácil, nunca é! Mas acho que a concentração que adquiri durante a planilha do Wanderlei ajudou demais. (20km na USP em plena Quinta-Feira  e antes da jornada de trabalho  não é algo que se faz sem concentração).

Me senti correndo concentrada, sem fazer contas e despreocupada com quem tava na frente.  Sei que não é sempre que a gente corre assim, que somos um bando de amador coxa querendo buscar performance de profissional, então procurei aproveitar ao máximo esse momento.

Treinar com o Wand.Oliveira tem me ajudado em muitos aspectos além da corrida, o psicológico tem sido um deles.

Comecei a correr 21k em 2009 e ontem bati meu recorde pessoal na distância e subi no pódio da imprensa (liguei pro babe ir pro jóquei dividir comigo essa emoção):

01:34:49

Dizem que ganhei uma viagem pra Buenos Aires, não sei de nada ainda oficialmente. Mas independente disso foi maravilhoso poder levar pra cima a mensagem da nossa camiseta ‘Mulher de verdade não aceita violência”.

mizunohalf1

Sobre a estrutura, achei a prova muito bem organizada. O percurso bem marcado, sem encontrões desagradáveis.

Além disso, haviam muitos pontos de hidratação, inclusive uns estratégicamente posicionados metros depois da tenda do  gel e outros nos finais da subidas que salvaram muito.

Acho meio desnecessário o impacto ambiental, mas havia uma tenda de esponja  (o quanto polui fabricar esponjas?)  que seria até útil se estivesse calor.

Acho que a Asics pode comecar a se preocupar pois tem uma forte concorrente pra Golden Four. A Mizuno fez e fez muito bem feita essa prova!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

34 respostas em “Half Marathon Mizuno Etapa SP

  1. FODADEMAIS (sem voz de neném…rsrsrsrs)! Como sempre, mandando muito bem!!! Uma inspiração e tanto para mulherada! Correr por prazer/alegria/felicidade e tem que ser divertido, senão não vale a pena! =) Com objetivos, sempre…, afinal, é isso que alimenta as pessoas….mas acima de tudo a diversão!!! E sim, a organização da prova foi impecável mesmo, curti à beça! Parabéns…e PAUNOGATO!

  2. Oi Paula!
    Sempre leio seu blog e suas postagens no Face. Sou colega da Gabi, de faculdade e admiro vocês três! Nunca havia comentado antes, mas chegou a hora de te mandar uns PARABÉNS!
    Estou acompanhado vocês desde sempre e me espelho na força, foco e humildade que vocês passam a todos nós!
    Ser miss fitness e viver de merchandising é fácil. Difícil é treinar cedo, ser mãe, ser humana – com seus altos e baixos – , ser boa profissional, ótima amiga e ainda buscar o primeiro lugar numa prova de 21k!
    Parabéns, Paula! Beijao!

      • Oi Paula!
        A Gabi falou? Que linda… ! Vamos sim! Será uma honra! E sem puxassaquismo, rs. Mas é que eu admiro muito o trabalho de vocês e a forma com a qual vocês 3 entrelaçam suas vidas, tendo o projeto como meta! Contem sempre com essa advogada (e amiga) aqui para apoiar! Beijão!

  3. MUITO LEGAL!! PARABÉNS!! Estou começando a correr (comecei ano passado) e me inspiro em bons exemplos como o seu para me animar!! Estou meio parada por conta de uma canelite, mas fazendo fisio e não vejo a hora de voltar a correr! Por enquanto só caminhada, mas chego lá!! 🙂

  4. Que relato legal!! Parabéns pela prova!! Você é uma mega corredora e uma mega mulher. Acredito muito que o mundo te devolve o que você dá para ele. Tenho isso como filosofia de vida, por isso tento levar a vida o mais leve possível e me divertir sempre.
    Ainda to engatinhando nesse mundo da corrida, e acho que to indo bem. Meu pace é de tartaruga, mas sempre me divirto nas corridas e sinto que estou melhorando em cada uma delas. Não faz nem um ano que comecei a correr sério e essa já é minha segunda meia maratona. Tenho um técnico sensacional que me ajuda muito e o apoio e parceria do amor da minha vida. Quem sabe um dia não corro no seu pace, mas também se não conseguir quero continuar me divertindo nas corridas (até porque sei que correr não é muito meu forte rsrsrs).
    Adorei te conhecer e espero em outra oportunidade conversarmos mais.
    Parabéns de novo!

  5. Paulinha , vc está demais, voando super baixo, já é elite!! A sua fisionomia na foto nem parecia que estava fazendo força!! Parabéns!! Bjs!

  6. Que texto lindo, principalmente a introdução! Super acredito que Deus coloca pessoas boas no nosso caminho para mudar as nossas direções! Sempre tenho vontade de dizer que quando eu “crescer” na corrida quero ser como você, afinal sempre te chamo de musa, né? Mas vejo que somos todas guerreiras e muito parecidas, afinal não importa a velocidade, pq isso cada uma tem a sua, o que importa é fazer com gosto tudo o que a gente faz na vida! Continue sendo essa pessoa linda e corredora musa! (cadê o post do terceiro dia do cruce???)

  7. Sem delay hoje. Rs.

    Sabe a quem eu agradeço todos os dias? Ao seu avô em primeiro lugar. Foi preciso uma dor pra gente conhecer o amor. Clichê, né? Mas foi isso.

    Nunca vou esquecer o dia que a Gabi deu repost do seu post do seu avô e ali pensei: “Cara, essa menina é guerreira pra c*****. Apesar de dizerem que ela me odeia, vou deixar minha mensagem pra ela e desbloquear no meu ig” Rs.

    Entao fui acompanhando pelo ig da Gabi a saga de vcs no Cruce- ja q so ela tinha internet! Kkkkkkk

    E juro que fiquei mto feliz qdo vc comecou a comentar as minhas fotos. Porque percebi que ali tinha surgido uma segunda chance.

    A segunda pessoa a quem agradeço é a Gabi. Por ter “promovido” nosso treino secreto. Eu nao sabia se ia ter a empatia, mas resolvi arriscar, pq nessa fase que estou, perder oportunidades é uma coisa que nao faz parte do meu vocabulario.

    E graças a Deus eu fui!

    Todo mundo erra. Eu achava que vc falava mal de mim, falava de vc pq falavam que vc falava de mim, nao curtia vc sem nem te conhecer.

    Quem seriamos nos sem nossos erros? Ninguem. O que aprenderiamos? Nada.

    Você é uma Aquina. Kkkkk Sempre te falo isso. Ou as pessoas amam ou nao. Sabe por que? Simplesmente porque você é sincera. Nao faz questao de ser politica e amiga de todo mundo. E assim é o meu Aquino em casa.

    Mas precisei te conhecer pra aprender essa lição: que nao precisamos agradar todo mundo. Precisamos saber que amigos de verdade, podem nao concordar com coisas que vc pensa ou faz, mas respeitam e apoiam suas decisoes.

    Vc e a parça foram dois presentes lindos que o câncer me trouxe.

    E eu nao canso de agradecer.

    L.

    Debs

  8. Parabéns, Paula!!!
    Te acompanho diariamente no ig e também a Debs e a Gabi… vcs são demais! Um dia sonho correr COMO e COM vc.rsrsrrs….afinal, sonhar não custa nada! Marquei várias fotinhos com a #corrapelavida mas ainda não fui selecionada… snif..rs…sigo na esperança! bjsss

  9. Paula, sempre acompanhei seu blog e te sigo no insta…. ele fica salvo nos meus favoritos do trabalho e de casa e todos os dias entro pra ver se tem novidades, seu jeito único e sincero nos mostra que não precisamos ser perfeitas todo santo dia e a corrida também nos ensina isso, existem corridas ótimas e outras que são uma m*** rsss Parabéns pela ótima e excelente corrida!! Colocações como essa devem ser comemoradas e continue assim, adoramos demais o seu blog.

  10. Paula, te vi voando nos metros finais e cruzando a linha de chegada. Tava linda e MUITO FOCADA! Parabéns! Espero um dia poder te conhecer pessoalmente e agradecer pela força que me passa sem ao menos te conhecer. Não é a toa que vc e a Debs se dão bem, as duas são fodas!

    Beijo!

  11. É Paulinha, tentei te acompanhar, mas consegui até o 13km. Depois você sumiu rs. Fechei a prova em 1:37 e minha perspectiva era fechar abaixo de 1:50 rs.

    Parabéns pelo blog.

  12. Uau, que post!!!
    To de ferias lavando roupa na lavanderia do hotel e este texto foi a melhor leitura que pude ter.
    Womens Health foi pro saco, kkkk…
    Nao sei se suspirei mais com seu texto, com a declaracao de Debs, com a sabedoria de Gabi, com tanta coisa que lembrei que a corrida me ensinou desde 2009 quando decidi entrar nesse mundo doido e maravilhoso.
    Beijos, Paula.
    Um dia,q uando eu correr em Sampa e se vc tiver na prova, chegarei timidamente me apresentando, mas quero te dar um abra’co, ta bom?

  13. Paula! Parabéns!!! Pretendo fazer minha primeira meia na Etapa salvador que será em Setembro….mas esse ano estou correndo tão meia boca…ouvir seu depoimento me incentivou ainda mais.
    02junho recomeço a planilha do meu técnico e espero completar em 2h30min!! Como eu mesmo digo, sou a tartaruga que corre!!!
    Esse ano quero correr em Sampa, se te ver, não se assuste se uma baiana doida te abraçar! Super fã sua e da Debs, uma guerreira!!!

  14. Parabéns Paula!!!! Adoro o blog, adoro a forma com que vc se dedica a corrida, a filhota ao trabalho, a forma linda com que vc se joga na vida! Te conheci no Corra pela Vida, mas acabou que não tive tempo de falar com vc, mas desde lá admiro essa força e essa luz que vc tem! Vc é foda!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s